Príncipe Sombrio (Série Cárpatos - vol. 1)

11/12/11.

Resumo: A morte pode esperar mais um dia…. Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, o líder de uma sábia e secreta raça ancestral, que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que iria salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão. Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles. Mas, forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão – Cárpato e humano– construir um futuro juntos? E como o príncipe dos Cárpatos poderia trazer Raven para seu mundo sem extinguir as cores que a embelezam? Cada morte traz sussurros obscuros da tentação, cada vez mais perto, até que fica tão forte que se torna impossível resistir…. Os Cárpatos eram uma espécie em extinção. Mikhail, como seu líder, tinha se comprometido a encontrar uma maneira de salvar aqueles de quem cuidava, e havia falhado. Machos demais estavam se entregando por desespero, oferecendo suas alma para se tornarem mortos-vivos. Depois de duzentos anos, os machos da sua espécie tinham perdido a capacidade de ver cores, de sentir. Eles contavam unicamente com a vontade, integridade e a memória para se manter honrados. A tentação de matar enquanto se alimentavam era um perigo constante. Durante aqueles momentos raros e preciosos, enquanto se alimentavam, se matassem, eles sentiam um frenesi, uma onda de calor que percorria o corpo, envolvia o cérebro e tomava conta da mente, assim podiam reviver o momento repetidas vezes. Isso era oferecer a alma, a honra e a salvação em troca de um prazer finito e escuridão eterna. Os machos eram essencialmente predadores, a escuridão crescia e se espalhava neles até que não tivessem mais emoções, nada além da escuridão em um mundo frio e cinza. Isso só era remediado quando encontravam uma companheira, uma parceira que os levassem para a luz eternamente. No entanto, quase não havia mais mulheres para dar continuidade à espécie, para trazê-los de volta da escuridão em que viviam. E essas poucas mulheres começaram a perder seus bebês antes do parto. Sem mulheres e sem crianças, o que os aguardava era o sofrimento sem fim.
Autora: Christine Feehan
Download: Aqui!

4 Comentários:

Anônimo disse...

Poderia mandar no meu email:
biancalinabenio@yahoo.com.br
Obrigada

Anônimo disse...

karlanayene@hotmail.com
please!

Anônimo disse...

poderia me enviar por favor
meu e-mail: isabella_silva_miranda@hotmail.com

Anônimo disse...

Oi. Vocês poderiam me encaminhar este livro por e-mail. O link não está funcionando. Desde já agradeço. tatistrela@yahoo.com.br

 
Lινяσѕ Fαηtαѕу © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |